27 out 2016

Confira ferramentas grátis de gestão de trabalho online

De fato, a maneira mais simples de fazer a gestão de um trabalho é dividindo ele em listas, definindo prioridades e organizando as tarefas. Ainda mais quando temos uma tarefa mais complexa pois a visualização das atividades facilita muito a sua realização.
Para isso tivemos, por muitos anos, o querido Excel. Entretanto, o que acontece é que ele nada mais é do que um quebra-galho e não é destinado exatamente para essa função.
Isso por que o gerenciamento de tarefas precisa ter o apoio de possibilidades como: definir prazos, notificar os colaboradores, exibir alertas e avisos, permitir a criação de sub-tarefas e etc.
Pensando nisso, se você realmente quer se modernizar e utilizar uma excelente ferramenta de gestão de trabalho online, confira as opções a seguir e escolha a sua.

1

  1. Remember the milk (app)
    O nome da ferramenta faz uma alusão àquela famosa situação em que você está saindo de casa e alguém grita “não esqueça de trazer leite!”
    Isso mesmo, pois essa ferramenta ajuda você a gerenciar o seu trabalho sem esquecer de nadinha!
    Além disso ela é muito fácil de usar, permite compartilhamento com colaboradores, permite a incorporação de prazos e a visualização do avanço das tarefas.
  2. Todoist
    O TodoIst é uma ferramenta bem completa que pode ser usada tanto no computador como em app no seu celular.
    O legal é que ele possui uma versão gratuita, que permite o gerenciamento de todas as suas tarefas e o compartilhamento das mesmas com seus colaboradores.
    Entretanto, somente na versão paga é possível adicionar comentários e lembretes a respeito das tarefas.
    Ele tem uma interface muito fácil e não oferece dificuldade no uso e além disso, mais de uma pessoa pode comentar e alterar uma tarefa.
    A novidade são os novos marcadores que permite que você determine uma tarefa para “toda semana”, “todo mês” ou “todos dias”.
  3. Runrun.it
    Essa plataforma permite o gerenciamento de tarefas com até 5 colaboradores na versão gratuita. Com ela você poderá criar fluxos de trabalho, definir prazos de entrega, determinar prioridades, armazenar arquivos e muito mais.
    Além disso, a ferramenta ainda permite a geração de relatórios em tempo real.
  4. Project Libre
    Essa é uma plataforma totalmente open source que permite que você gerencie os seus projetos, independente da sua natureza. Com ele você pode organizar tarefas, utilizar recursos, definir prazos e tudo mais que for necessário para o bom andamento dos seus projetos.
    Além disso, ele possui uma interface bastante intuitiva, ou seja, é bem fácil de pegar o jeito para utilizá-lo.
  5. Project2Manage
    Com ele você pode criar e gerenciar diferentes projetos pessoais e também comerciais podendo adicionar diversos colaboradores nessa gestão.
    Todos eles podem, então, alterar as tarefas e atualizar o andamento dos projetos, conforme eles forem sendo realizados.
  6. The Big Picture
    Essa ferramenta oferece a típica To-Do List, ideal para quem precisa gerenciar atividades que tem prazos determinados para serem cumpridas. Essa é uma ferramenta online que possui calendário, lista de tarefas e muitas outras ferramentas de gerenciamento.
  7. Veo Project
    Além de elegante essa é uma ferramenta muito simples e direta. Com ele é possível organizar agendas de trabalho, tarefas e demais atividades e cada usuário pode acessar sua conta de onde estiver para atualizar o andamento dos projetos.

Pronto! Agora você já conhece 7 incríveis ferramentas gratuitas para gestão de trabalho online. Escolha a que melhor atende suas necessidades e aproveite!

19 out 2016

O que devo considerar na hora de registrar um domínio

Registrar um domínio é um dos primeiros passos que se dá na criação de uma página. O nome do domínio escolhido é extremamente importante para a página pois fará parte do endereço utilizado para encontrá-la.
O domínio pode ser.com.br, .com, .org. net e mais uma grande variedade de opções.

internet browser

internet browser

Então, sabendo disso, veja o que você deve considerar ao registrar um domínio.

Consideração para registrar um domínio: pesquise o registro
Evitar a violação de uma marca é a primeira coisa que você deve fazer. Então pesquiso no INPI se o registro que você deseja está disponível.
Isso porque se ele não estiver você corre o risco de não poder usá-lo ou ainda ter que pagar os royalties.

Consideração para registrar um domínio: disponibilidade no Brasil
A maioria dos brasileiros digita automaticamente o “.com.br” ao final do endereço e mesmo que existam domínios com outras terminações é possível que você tenha esse problema.

Consideração para registrar um domínio: use os dados certos
Muitas empresas delegam a tarefa de registrar um domínio para alguma agência e isso pode acabar gerando problemas futuros, seja ele nacional ou internacional. O fato é que os dados do registro devem ser os do verdadeiro dono, tais como CFP, CNPJ e, principalmente, o e-mail.

Consideração para registrar um domínio: corresponda à expectativa
Os domínios intuitivos são sempre a melhor escolha, então lembre disso ao registrar o seu. Saiba ainda que aqueles domínios que tem relação direta com o conteúdo da página causam uma impressão muito melhor para a audiência.

Consideração para registrar um domínio: use as palavras-chave
Seu negócio certamente possui suas palavras-chave, correto?
Então lembre-se que é bastante importante que essas palavras-chave façam parte também do seu domínio.
Isso ainda melhora a intuição, que falamos no item anterior. Saiba que domínios que contenham as palavras-chave buscadas pelos internautas ficam melhores posicionados.

Consideração para registrar um domínio: exclusividade
Imagine escolher um domínio que possa ser confundido com algum outro site popular. Pode ser um desastre!
Além disso, nunca escolha a versão no plural ou utilizando hífen, de algum domínio que já exista pois você estará apenas gerando tráfego para outra pessoa.

Consideração para registrar um domínio: fácil memorização
Sabe aquele domínio que você só leu uma vez e não esquece mais? É porque ele é simples e fácil!
Sendo assim, não abra mão de um domínio simples que possa ser facilmente memorizado por que vai acessar sua página.
Imagine que péssimo é não ser lembrado no momento de uma indicação ou mesmo de uma pesquisa.

Consideração para registrar um domínio: curto
Pode parecer uma consideração meio boba, mas muita gente não se atenta a esse detalhe quando vai registrar um domínio.
Isso é importante porque ajuda tanto na memorização do endereço como também na digitação do mesmo.
Além disso, um dado importante é que as URLs mais curtas tendem a conseguir mais cliques nos motores de busca.

Consideração para registrar um domínio: fácil de digitar
Um domínio complicado acaba dificultado a digitação por parte dos internautas. Então escolha um dominio que seja fácil de digitar e que não necessite de tanta atenção para que o acesso seja prazeroso e agradável para seu leitor.
Evite palavras com grafia incomum, palavras estrangeiras complexas ou sons de difícil identificação.

10ª Consideração para registrar um domínio: não use números
Números são sempre complicados pois os visitantes ficam sempre a dúvida de como escrever, ou seja, se é numeral ou por extenso. Entendeu?

Claro que nem sempre é possível considerar todos esses pontos na hora de registrar um domínio, mas tente aproveitar o máximo deles para garantir que seu domínio será um sucesso.

11 out 2016

O que é NFC e para quê serve?

Já imaginou um tempo no futuro quando será possível realizar a troca de informações sem o uso de cabos ou redes wireless? Quando irá bastar apenas que aproximemos o nosso dispositivo de outro para que arquivos sejam transferidos sem depender de nenhuma conexão? Não estamos falando aqui de nenhum roteiro de filme futurista, esse é um futuro mais próximo do que imaginamos! Quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhe este artigo: o que é NFC e para quê serve?

1

 

Para quem não está familiarizado com o tema, relativamente novo para quem não costuma acompanhar as notícias sobre tecnologia, vamos do começo: NFC é uma sigla em inglês para Near Field Communication e trata da possibilidade de troca de informações entre dispositivos móveis em uma distância de até 10 centímetros. Foi desenvolvida em uma parceria entre a Sony e Phillips e funciona, na prática, como um chip que podemos usar no celular, por exemplo, e dessa maneira utilizar nossos dados, como os de identificação ou cartão de crédito diretamente pelo aparelho.

Essa tecnologia foi criada a partir de um consórcio global, em 2004, chamado NFC Fórum. Participam deles uma série de empresas que irão atuar diretamente com o chip, como é o caso das empresas que trabalham com hardwares, softwares, cartões em geral e os bancos. Entre elas, estão Sprint, Google, Microsoft, PayPal, Visa, Mastercard, American Express, Intel, Qualcomm, LG, Nokia, Huawei, RIM, Samsung, Sony Ericsson, Toshiba, AT&T, HTC, Motorola e NEC.

De um ponto de vista mais técnico, a tecnologia NFC está atuando, até o momento, por meio da RFID – sigla em inglês para Radio Frequency Identification, ou Identificação de Rádio Frequência. Com isso, da mesma maneira que a voz de um locutor viaja pelas ondas de um rádio, a comunicação entre os aparelhos é possível, dependendo de uma distância mínima.

A tecnologia NFC vai chegar ao Brasil?

 

2

No Japão, assim como também nos Estados Unidos, as pessoas já estão comprando bilhetes de trem, ingressos para eventos como shows e apresentações, além de pagar contas de banco ou em supermercado por meio da tecnologia NFC – Near Field Communication, que está funcionando por meio de seus celulares do tipo smartphone. Por isso, caso você precise de uma passagem para o metrô, em Tóquio, basta aproximar o celular em uma distância de dez centímetros para que o valor seja debitado diretamente de sua conta, mediante um cadastro.

Já na América do Norte, algumas universidades utilizam a tecnologia NFC para substituir as carteirinhas da faculdade que dão acesso aos prédios. Na Universidade do Estado do Arizona, por exemplo, alguns alunos apenas aproximam os celulares das catracas para poder passar. Agora, para o Brasil, parece que ainda vamos esperar um pouco mais!

Por outro lado, já dá para ficar de olho em algumas das marcas que irão lançar modelos com a tecnologia NFC, como é o caso da Samsung Nexus S, BlackBerry Bold 9900 e 9930, BlackBerry Curve 9350, BlackBerry Curve 9360 e BlackBerry Curve 9370, Nokia C7 e muitas outras companhias que já começaram a se animar com as novas possibilidades. A Apple, por exemplo, já lançou nota divulgando que existe a expectativa de começarem a utilizar a tecnologia NFC em seus próximos Gadgets. Por mais que não tenha sido nada confirmado ainda pela assessoria de imprensa da empresa, não há dúvida de que essa que é uma das principais marcas de tecnologia irá ficar de fora dessa!

E aí, será que esse tipo de avanço tecnológico irá minimizar os assaltos ou irá piorar essa questão ainda mais por conta da concentração de informações em um só dispositivo? São dúvidas que iremos debatendo ao longo do percurso, enquanto ainda é uma questão de tempo no Brasil!

© 2017 LinkHost Soluções Web. Todos os Direitos Reservados

back to top