O que é Internet das Coisas (Internet of Things)?

O que é Internet das Coisas (Internet of Things)?

Tem ouvido um burburinho sobre um tal de Internet of Things e está por fora do assunto? Neste artigo, vamos falar sobre o que é Internet das Coisas (Internet of Things), falar sobre o conceito e explicar como isso está influenciando na vida das pessoas atualmente. Quer ficar atualizado? Então não deixe de acompanhar este artigo, confira!

1Também conhecida como uma revolução tecnológica, a Internet das Coisas, termo em português para o original Internet of Things, se refere aos eletrodomésticos, acessórios e até meios de transporte que, hoje, atuam também por meio da rede mundial de computadores, a internet e outros dispositivos. Dessa forma, o nosso mundo físico é influenciado, cada vez mais, pelo mundo digital, quando muitos dos nossos artefatos que usamos normalmente passam a se comunicar por meio de redes, como data centers ou nuvens.

Tudo começou com Bill Joy, cofundador da Sun Microsystems, quando começou a trabalhar com conexão de Device para Device (D2D), em 1991- que trata-se de um conceito mais abrangente, algo que os especialistas chamam de “várias webs”. Depois disso, em 1999, o termo Internet das Coisas passou a ser usado como um conceito que trata de dispositivos que funcionam em rede, apresentado pelo especialista Kevin Ashton do MIT, no seu artigo “A Coisa da Internet das Coisas”, publicado no RFID Journal. Na época, eram oferecidos 50 pentabytes de dados para gravações, imagens e registros.

Para quê serve a internet das coisas?

2Segundo os pesquisadores e estudiosos da área, a maneira como vivemos hoje em dia, com rotinas apertadas, em uma ditadura do relógio para cada ação, com menos tempo para supérfluos, entre outras coisas, faz com que passemos a acessar à internet de outras formas. Não somente para o lazer, mas também por necessidade, ou seja, a tecnologia já faz parte das nossas vidas e já a utilizamos como fazemos com eletrodomésticos, entre outros. Por conta disso, dispositivos conectados em rede, como funciona a Internet das Coisas, facilitam a nossa rotina e permite que tenhamos como acessar à internet sem parar o que estamos fazendo.

Um ótimo exemplo sobre o conceito Internet das Coisas são os dispositivos que chamamos de aparelhos vestíveis, entre eles, o Google Glass, um acessório para ser usado como um óculos, pelo qual é possível interagir com softwares, além de outros usuários, por meio da realidade aumentada. Já o Smartwatch 2, da Sony, no formato de relógio touchscreen, é um outro exemplo de dispositivo capaz de nos conectar à internet e à tecnologia, funcionando como uma segunda tela do celular smartphone, atuando por meio da internet, aplicativos e outros recursos do próprio telefone celular.

Esses dois dispositivos apresentados acima já estão font-family: Calibri, serif;mais próximos da nossa realidade do que imaginamos. E assim como os smartphones foram popularizados com o barateamento dos aparelhos, tais acessórios também chegarão às grandes massas, influenciando o nosso comportamento, a forma como enxergamos a vida e realizamos as nossas tarefas diárias. Entre os objetos que mais têm potencial para receber esse tipo de conexão, no termo de Internet das Coisas, são geladeira, carros, elevadores, tênis para corrida e outros esportes, entre outros, além dos óculos e relógios.

Por isso, daqui há poucos anos, muitas das coisas que realizamos hoje, serão feitas por nós com mais ajuda ainda da tecnologia, nesse sentido, as próximas gerações viverão outro tipo de rotina, mais facilitada pela tecnologia - a ideia é que, cada vez mais, nos sobre tempo para o que é verdadeiramente importante, ou não! Aí vai da maneira como você idealiza e prioriza as suas escolhas!